top of page

SOBRE O PROJETO

O projeto do Circuito Cicloturístico Coração do Rio Grande foi formatado e é conduzido pelo membro Guilherme Rodrigues, e atualmente sob responsabilidade da Associação Santa Maria Ciclismo. Para saber mais sobre a Associação acesse o link na página inicial.  Tem patrocínio da Cooperativa Sicredi Região Central através do Fundo Social para implantação das bases instrumentais mínimas.

Tudo neste projeto se baseia na seguinte tríade de interesses: promover o turismo integrativo da região; Fomentar a pulverização da economia em regiões do interior dos municípios; Promover o uso da bicicleta como meio de transporte e turismo sustentável.

Texto do seu parágrafo.png
IMG_20201121_152825650.jpg

A integração do turismo regional é pretendida através da apropriação, pelo turista e pela comunidade, de um atrativo comum, promovendo assim o esforço comum da zona urbana e rural dos diferentes municípios por um mesmo objeto, o circuito.

O cicloturismo é atividade turística que tem como objetivo principal o gozo dos atrativos ao longo do percurso, diferindo-se assim do turismo tradicional. Por este motivo é que promove a distribuição de renda de maneira mais equânime e equilibrada entre estabelecimentos grandes e pequenos, urbanos e rurais. A qualificação dos estabelecimentos situados ao longo do roteiro para bem receber os ciclistas, conciliada com o estilo de viagem do cicloturista é, assim entendemos, a chave para bem distribuir a renda oriunda do turismo na região.

Ainda, a promoção do uso da bicicleta, premissa desta Associação, é prática indiscutivelmente sustentável ambiental e socialmente, visto baixíssimo impacto no meio ambiente natural e na sociedade envolvida. Através de atrativos turísticos, buscar-se-á o estímulo à utilização deste importante meio de transporte como instrumento de turismo limpo.
As bases instrumentais até o  momento, são: site permanente com informações sobre o circuito disponível na Internet, onde é possível acessar um guia com informações técnicas sobre e o circuito e links para acesso ao material turístico das prefeituras; Identidade visual do circuito levando em conta as características da região e divulgação por meio de redes sociais; Capacitação dos “Empreendimentos Amigos do Ciclista” em parceria com a Emater/RS e consequente sinalização dos empreendimentos aprovados através de selo identificador; Sinalização do circuito com placas permanentes e marcação de identidade visual em equipamentos públicos ao longo do trecho a fim de promover o percurso autoguiado.

IMG_20160117_100310828.jpg
IMG-20220818-WA0019.jpg

Utilizamos como diretrizes aos utilizadores do roteiro os princípios da organização
internacional Leave No Trace@, descritos no link constante na página inicial deste site. Em suma,
eles resume em 7 os princípios éticos das práticas ao ar livre. Estes princípios são importante parte
do projeto pois sustentam a realização de um turismo limpo, a fim de se tornar sustentável,
objetivando a manutenção do projeto a longo prazo e evitando intervenções danosas ao meio em
que está inserido. Por esse motivo é que as placas sinalizadoras constantes no projeto levam as
frases que resumem os princípios, a fim de relembrar continuamente o usuário.

placa 1.png
placa b.png
bottom of page